Militares do governo Bolsonaro revelam como vão reagir se Lula vencer eleições

A reação dos militares do governo Bolsonaro é uma preocupação. Isto porque, muitas pessoas imaginam o que eles fariam se Lula vencesse as eleições. Há um temor diante dos petistas. Muitos deles acreditam que se Lula se tornasse presidente, os militares poderiam fazer algo que comprometesse a democracia brasileira.

Conselho Federal de Farmácia - Brasil - Notícia: 13/07/2020 - CFF cria  grupos no WhatsApp e Telegram para divulgação de notícias
Receba orações e estudos diariamente

Entretanto, com o objetivo de tentar prever algo do tipo, a colunista Bela Megale, do jornal O Globo ouviu alguns militares. Em sua coluna, ela falou sobre a preocupação de Lula e dos petistas diante de uma possível resistência de militares. Por causa disso, o PT estaria tentando estratégias. Isto porque, queria aproximar o partido à ala dos militares.

Como reagirão os militares do governo Bolsonaro diante de uma vitória de Lula

Segundo informações da colunista do Jornal O Globo, não há chances de preocupação. Isto porque, os militares prometeram que respeitarão os resultados nas urnas. Eles disseram que o período de intervenção militar não foi algo positivo para o Brasil.

Sendo assim, a reação dos militares seria pacífica. Eles respeitariam e não fariam nenhuma intervenção. Entretanto, os militares estão confiantes de que Bolsonaro se reelegerá. Mas, até o momento, as pesquisas eleitorais dizem o contrário. Em todos os cenários apontam para uma vitória de Lula. Bolsonaro aparece atrás do petista com grande diferença de votos.

Apesar disso, ainda falta muito tempo para o período eleitoral. Até lá, muita coisa pode mudar. Isto porque, ainda não estão definidos os candidatos à presidência. Alguns nomes já estão sendo cotados, porém, ainda não há nada oficial. O que se sabe é que o PT indicará algum candidato. Ao que parece pode ser Lula. Mas, quanto à reeleição de Bolsonaro ainda há muita coisa para acontecer. O próprio presidente não bateu o martelo quanto a isso. Os seus eleitores seguem o apoiando, enquanto alguns deles o abandonaram.

Fonte: informações baseadas do jornal O Globo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.