PL aposta em novo nome para ser vice de Bolsonaro em 2022

O PL aposta em mais um nome para ser vice-presidente de Jair Bolsonaro nas eleições 2022. Os eleitores do presidente estão ansiosos para conhecer quem será o vice da chapa. Isto porque, o general Hamilton Mourão está longe de sair novamente com o mandatário. Vale destacar que durante o governo, ele não demostrou total concordância com os ideiais de Bolsonaro. Isto porque, eles chegaram a se desentender durante o mandato.

Conselho Federal de Farmácia - Brasil - Notícia: 13/07/2020 - CFF cria  grupos no WhatsApp e Telegram para divulgação de notícias
Receba orações e estudos diariamente

Não é de se admirar que Bolsonaro se desentendeu com Mourão. O presidente mostrou que não é muito tolerante com pessoas que discordam de algo. Todos os ex-ministros que saíram ou foram demitidos, em algum momento discordou do mandatário. A sentença foi sair do governo. Mas, é pedir muito que alguém concorde com 100% do que este presidente pensa.

PL aposta em uma mulher para ser vice de Bolsonaro

Durante sua campanha para eleições passadas, Bolsonaro foi apontado como machista. Isto porque, ele fez algumas declarações que não agradaram às mulheres. Além disso, insultou a esposa do presidente da França, Emannuel Marcron. O comentário deselegante de Bolsonaro acirrou ainda mais o conflito com a França.

Entretanto, para tentar limpar esta imagem de um governo que não dar lugar às mulheres, o PL fez uma nova aposta. O nome da vez é o de Teresa Cristina. Ela é a atual ministra da Agricultura. As informações são do colunista Guilherme Amado, do Metrópoles.

Além de Teresa Cristina, até o momento, há mais dois nomes. Um deles é o do pastor Silas Malafaia. O líder religioso é uma das principais vozes do mundo evangélico no atual momento. Ele é seguido por muita gente nas redes sociais e tem grande persuasão sobre este público. O segundo nome é o de Walter Braga Netto, o ministro da Defesa.

Mas, ainda não há nada definido. Isto porque ainda há mais nomes. Bolsonaro deve escolher quem será seu vice até agosto. É obrigatório que a decisão aconteça no máximo até o dia 15 de agosto.

Fonte: com informações do Metrópoles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *