Cada vez mais fraco: aliados de Bolsonaro abandonam o barco

Alguns aliados de Bolsonaro abandonaram o barco. A notícia não é nada boa para os bolsonaristas. Isto porque, o presidente se mostra cada vez mais desanimado. Esta semana ele chegou a dizer que não gosta de morar no Palácio do Planalto. Ele também afirmou que deseja transferir seu cargo para alguém. Esta fala mostrou que ele anda cansado. Ou talvez, está com medo. Isto porque, as pesquisas apontam vitória de Lula nas eleições 2022.

Conselho Federal de Farmácia - Brasil - Notícia: 13/07/2020 - CFF cria  grupos no WhatsApp e Telegram para divulgação de notícias
Receba orações e estudos diariamente

Entretanto, muita coisa pode mudar. Isto porque, ainda não sabemos quais são os candidatos que realmente disputarão.  Até o momento já temos os nomes de Lula e Sergio Moro. Há também a possibilidade da senadora Simone Tebet disputar pelo MDB.

Além disso, tem os nomes de Ciro Gomes e Marina Silva. O ex-ministro da Saúde, Henrique Mandetta, já bateu o martelo. Ele não quer sair candidato a presidente. Mas, não descartou uma candidatura no legislativo.

Quanto a Bolsonaro, o cenário é incerto. O que se sabe é que ele está cada vez mais fraco.

Aliados de Bolsonaro deixam de apoiá-lo

O presidente não anda com apoio nada legal. Isto porque diversos aliados viraram as costas para ele. Um deles é o ex-ministro Sergio Moro. Antes, se dizia grande aliado de Bolsonaro. Mas, hoje é o seu maior rival na política. Inclusive, os dois têm trocado mensagens tensas.

Outro aliado que também está saindo fora é Luciano Hang. Isto porque, o empresário demostrou dúvida quanto ao seu voto nas eleições 2022. Em entrevista, o empresário disse que admira Sergio Moro. Mas, não bateu o martelo se realmente vai apoiá-lo. Mas, os bolsonaristas se desanimaram ao ver que Hang não está convicto em votar em Bolsonaro.

Não podemos esquecer de uma grande aliada que largou o barco. A ativista Sara Winter caiu fora. Ela se decepcionou com o governo. Hoje, ela critica as atitudes do mandatário. Como se pode ver, o presidente perdeu muitos aliados e está cada vez mais fraco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *