Meditação Frei Gilson desta quinta-feira (23): mensagem de consolo

A meditação Frei Gilson desta quinta-feira, 23 de novembro, deixa uma mensagem de consolo para o seu coração. A leitura se encontra no livro de Lucas, capítulo 19, versículos 41 a 44.

Conselho Federal de Farmácia - Brasil - Notícia: 13/07/2020 - CFF cria  grupos no WhatsApp e Telegram para divulgação de notícias
Receba orações e estudos diariamente

Frei Gilson afirmou que nesta palavra há algo de especial. Isto porque mostra que Jesus chorou. São pouquíssimas vezes na Bíblia que vemos Jesus chorando. Nos recordamos que ele chora quando seu amigo Lázaro partiu. Mas são raras vezes que mostra que Jesus chorou.

Lágrimas santas: meditação Frei Gilson desta quinta-feira (23)

Quando Jesus viu Jerusalém do alto, as lágrimas escorreram dos olhos dele. Lágrimas santas, de um Deus. Mas, por que essas lágrimas? Podemos chorar de tristeza e de alegria. Mas aquelas lágrimas de Jesus eram de tristeza. Isto porque ele veio para este povo, mas não o acolheram. Ele veio trazer a paz, mas não quiseram a paz.

Jesus disse que se compreendesse o que podia trazer a paz. Aquele povo queria paz e gritavam por paz. Mas eles queriam um messias político. Um messias diferente. Não viam jesus como deus. A sua própria gente o levou para cruz. O profeta não era aceito em sua própria pátria. Os seus não o aceitaram.

Jesus chora por nós

Jesus chora quando alguém não abre o coração para ele. Quantas pessoas hoje em dia não abrem o coração para ele. Jesus respeita a liberdade humana de querer ou não, de aceitar ou não. Mas, o coração dele chora quando alguém não reconhece o quanto fostes visitados. A humanidade não reconheceu Deus.

Jesus chorou por você. Se você estiver afastado de Jesus neste momento abra seu coração para ele. Isto porque Jesus chora por você. Compreenda que deus é aquele que pode te trazer a paz. Compreenda que ele veio para mim e para você. É preciso compreender que Jesus veio para nos libertar. Ele é o criador de todas as coisas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *